Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

CINE PE 2013 - O país do futebol e do cinema

Reza a lenda que tudo no Brasil acaba em futebol e samba, eu diria que tudo vai acabar em futebol e cinema, pelo menos em Olinda (PE), onde acontece de hoje até dia 2 de maio a 17º edição do CINE PE – Festival do Audiovisual. Com o tema “Brasil, o país do futebol e do cinema”, o festival apresentará uma seleção de 39 filmes no total, longas e curtas, entre as mostras principal e paralela. Além de oferecer oficinas, seminários e promover o lançamento de livros e dvds.
  O filme que abre essa edição do CINE PE é o longa Giovanni Improtta, o primeiro de José Wilker na direção. Com estreia prevista para maio, o filme resgata o personagem criado pelo autor Aguinaldo Silva. Cinema a parte, o festival fará uma mostra dedicada a filmes sobre futebol, além de realizar um jogo beneficente que reunirá artistas e ex –atletas. Portanto, vista a camisa do cinema brasileiro e torça por  nossa seleção, que mesmo com as adversidades em campo, faz dribles geniais e sempre marca muitos gols. 



Trailer do …

Fim, começo, meio, (re) começo do fim

Estamos acostumados a ver tudo sequencialmente, em ordem cronológica, quando nos deparamos com algo “fora de ordem” nos causa certa estranheza. 

 Assim como o título, os filmes que apresentam narrativa não linear, (aquela em que os fatos não são apresentados em ordem cronológica e a variação temporal faz com que a história se desenvolva descontinuamente e mistura o tempo psicológico ao cronológico) também causam estranheza no primeiro momento.

 É aquele tipo de filme que ou você ama ou odeia, não tem meio termo. Para falar disso escolhi alguns filmes de dois cineastas, que revolucionaram o cinema e o fizeram usando cada um a sua maneira a narrativa não linear.


No fim dos anos 90, surge o roteirista Charlie Kaufman para revolucionar o cinema mais uma vez, sua revolução começa aí no fato de ser roteirista e não diretor, contradizendo a Teoria de Autor. Além disso, Kaufman se torna o responsável por fazer a Academia indicar pela  primeira vez um personagem fictício ao Oscar. Isso aconteceu…

Lembrança Infantil

Hoje faz 15 anos que o filme Central do Brasil foi lançado, e eu vou contar pra vocês nesse que provavelmente será o meu post mais pessoal, porque esse filme é especial pra mim. O ano era 1998, eu tinha 7 anos, provavelmente você  tem muitas lembranças de quando tinha essa idade, eu também deveria ter, mais guardei apenas uma, uma muito  especial.

      Pra quem não sabe minha família com exceção do meu irmão mais velho, não é muito fã de cinema, meus pais então, consigo contar nos dedos (de uma mão só) os filmes que viram até hoje. E eles deram o azar de ter uma filha completamente apaixonada por cinema, e que chorava quando não podia ver um filme. Mas tudo isso mudou quando Central do Brasil foi lançado.

      O filme conta a história de um garoto, que vai escrever uma carta para o pai que mora longe e acaba presenciando a morte da mãe, e com ajuda de uma desconhecida parte para reencontrar seu pai. Assim como o Josué, eu era distante do meu pai, não porque eu ou ele quisesse isso, m…